Tratamentos » Ortopedia »
Metatarsalgia / Calosidades Plantares

metatarsalgia1aO que é Metatarsalgia?

Metatarsalgia é uma condição caracterizada por dor e inflamação na planta do pé, mais especificamente na região da cabeça dos ossos do pé, conhecidos como metatarsos. Esta condição é causada por sobrecarga na região anterior da sola do pé, geralmente estando acompanhadas de calosidades (Calos).

Pode ocorrer em pacientes fisicamente ativos fisicamente, principalmente nos que realizam de atividades que envolvam corrida e saltos.

Pode também ocorrer em pacientes que utilizam calçados mal ajustados aos seus pés.

Embora geralmente não seja uma condição grave, pode afastar o paciente das atividades rotineiras das quais ele mais gosta.

Felizmente, os tratamentos conservadores, como gelo e descanso, muitas vezes podem aliviar os sintomas.

A utilização do calçados adequados, juntamente com amortecedores e/ou palmilhas, pode ser tudo o que você precisa para evitar ou minimizar problemas associados com a metatarsalgia.

 

 

 

metatarsalgia2   metatarsalgia3

Quais são os sinais e sintomas da Metatarsalgia?

Os sintomas são geralmente progressivos ao longo do tempo e incluem:

  • metatarsalgia4Dor aguda ou em queimação na “bola do pé” – a parte da sola logo atrás de seus dedos do pé.
  • Dor na área em torno de seus segundo, terceiro ou quarto dedos do pé.
  • Dor apenas na região do seu dedão do pé.
  • Presença de aumento da espessura da pele e de calosidades na parte da frente ou da “bola” do pé.
  • Dor que piora quando você está caminhando ou correndo e que melhora quando você descansa.
  • Dormência ou formiguamentos nos dedos dos pés.
  • Dor que piora quando você flexiona os dedos do pé.
  • Sensação de que você estivesse andando com uma pedra no sapato
  • Piora da dor quando você está andando descalço, especialmente em uma superfície dura.

Às vezes esses sintomas podem aparecer de repente, especialmente se você recentemente aumentou sua quantidade usual de corrida, saltos ou exercícios de alto impacto.

Quais são as causas da metatarsalgia?

Em cada pé, existem cinco ossos chamados de metatarsos que de correm de seu arco de até as articulações com os dedos do pé.

O primeiro metatarso é o mais curto e o mais espesso deles. Durante a fase de desprendimento do pé na deambulação o peso do corpo é transferido para os dedos dos pés e metatarsos. O primeiro e o segundo metatarso assumem a maior parte desta carga.

A metatarsalgia (“dor nos metatarsos”) geralmente ocorre quando ocorrem mudanças na forma como o seu pé normalmente trabalha (mecânica), afetando a forma como o peso é distribuído no pé. Isso pode levar a uma pressão excessiva sobre os metatarsos, cursando com inflamação e dor, especialmente nas cabeças dos metatarsos.

Geralmente, múltiplos fatores estão envolvidos com o desenvolvimento da sintomatologia da metatarsalgia:

  • Treinamento intenso ou aumento na frequência e nível de intensidade das atividades físicas.
  • Formato do pé – Certas formas pé são mais propensas ao desenvolvimento da metatarsalgia.
  • Pés com arco longitudinal aumentados (Pés Cavos) – podem colocar uma pressão extra sobre os metatarsos.
  • Segundo dedo do pé maior que o dedão – leva a maior concentração do peso no dedo mais longo.

metatarsalgia5

  • Dedos em Garra – deformidade que pode se desenvolver em alguns pés, principalmente em pessoas que utilizam saltos altos ou calçados muito apertados. O dedo afetado progressivamente se “enrola”, apontando para o solo. Esta contração deprime as cabeças do metatarso envolvido, aumentando a carga que passa por ele.

metatarsalgia6

  • Joanete – enfraquece o dedão do pé, colocando pressão extra sobre a cabeça dos outros metatarsos do seu pé (Metatarsalgia de Transferência).
  • Obesidade – quilos extras significam mais pressão sobre seus metatarsos. A perda de peso pode reduzir ou eliminar sintomas de metatarsalgia
  • Calçados inadequados – saltos altos, que transferem peso extra para a parte da frente de seu pé, são causas comuns de metatarsalgia em mulheres. Sapatos com uma biqueira estreita ou tênis que carecem de suporte e acolchoamento, também podem contribuir com o desenvolvimento da metatarsalgia.
  • Fraturas por estresse – pequenas fraturas nos metatarsos ou ossos do dedo do pé, causadas por sobrecarga, geralmente dolorosas e que podem mudar a maneira da pisada, mudando também a distribuição da distribuição do peso no pé.
  • Neuroma de Morton – tumoração não cancerosa de tecido fibroso em torno de um nervo do pé, que geralmente ocorre entre os terceiro e quarto metatarsos. Ocorre frequentemente em pessoas que utilizam calçados de salto alto ou sapatos apertados por tempo demais que colocam pressão sobre os dedos dos pés. Ele também pode se desenvolver após atividades físicas de alto impacto.

metatarsalgia7

Existem fatores de risco para o desenvolvimento da metatarsalgia?

Sim. No entanto, qualquer pessoa pode desenvolver a doença. Os fatores de risco associados são:

  • Prática de esportes de alto impacto – metatarsalgia é mais frequente em corredores, atividades esportivas que envolvam corrida ou saltos, como o futebol, o tênis, o beisebol, e o basquete.
  • Utilização de salto alto ou calçados apertados.
  • Sobrepeso – quilos extras podem gerar maior pressão sobre seus metatarsos.
  • Algumas formas anatômicas do pé – arco longitudinal elevado (pé cavo), segundo dedo do pé  ou segundo e terceiro metatarsos alongados podem contribuir para o desenvolvimento de metatarsalgia. Dedos em garra, artrite reumatóide e gota também estão envolvidos. Essas comorbidades podem causar dor e inflamação, mudando a maneira do caminhar e a distribuição de peso em seus pés.
  • Lesão traumática do pé ou tornozelo.
  • Envelhecimento

Por acaso você se identificou com os sinais e sintomas apresentados?

Agende sua consulta para maiores informações, diagnóstico e tratamento adequados!