Tratamentos » Ortopedia »
Hálux Valgo (“Joanete”)

cirurgia joanete sao paulo sp
O que é o Joanete?

O Joanete é um problema que pode se desenvolver secundariamente a uma deformidade com desvio lateral (em valgo) do dedão do pé (hálux).

Quando isso ocorre, o osso que se liga ao osso do dedão do pé, chamado de primeiro metatarso, se torna proeminente na borda interna do pé.

Esta protuberância é conhecida como joanete e é composta de osso e tecidos moles.

O que causa o Joanete?

  • Utilização prolongada de calçados de bico fino
    • É de longe a principal causa do desenvolvimento e principalmente do inicio dos sintomas do joanete. Estes calçados empurram o hálux para lateral em uma posição não natural e desconfortável.
    • Estudos americanos demonstram que 88% das mulheres utilizam calçados que são considerados muito pequenos e apertados para o tamanho de seus pés e que 55% das mulheres apresentam o diagnóstico de joanete.
    • Não é a toa que o diagnóstico é 9 vezes mais frequente em mulheres.

joanete2

  • Artrites, artrose e paralisia infantil.
    • Podem levar ao desenvolvimento do hálux valgo.
  • História familiar da doença
    • Em diversos casos história familiar de joanete está envolvida.

Podemos prevenir o desenvolvimento  do Joanete?

Joanetes frequentemente se tornam sintomáticos quando progridem. No entanto, nem todo joanete progride.

Muitos joanetes podem ser tratados de forma não-cirúrgica. De maneira geral, um joanete que não dói, não precisa ser operado. Os que doem também não são necessariamente cirúrgicos. A maioria deles podem ser tratados com alterações no padrão dos calçados, que, de maneira geral, não podem comprimir a parte da frente do pé.

joanete4Você precisa operar seu Joanete?

Nos casos onde ocorre a falha do tratamento conservador, pode-se considerar o tratamento cirúrgico.

Diversos estudos americanos mostram que 85%-90% dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico ficam satisfeitos com seus resultados. A maioria dos casos evolui com melhora da dor.

As razões pelas quais você poderia se beneficiar do tratamento cirúrgico:

  • Dor intensa que limita as suas atividades do dia-a-dia
  • Inflamação e edema crônico da protuberância do dedão do pé, que não melhora com medidas conservadoras.
  • Sobreposição do seu dedão do pé com os dedos menores
  • Rigidez do dedão do pé – impossibilidade de dobrar e estender o hálux
  • Falha de analgesia com medicamentos utilizados sob orientação médica
  • Falha de analgesia com utilização das medidas de adequação no padrão do calçado

Por acaso você se identificou com os sinais e sintomas apresentados?

Agende sua consulta para maiores informações, diagnóstico e tratamento adequados!